Imagem sobre a notícia Paris a pé: roteiro pelo 2° arrondissement

Paris a pé: roteiro pelo 2° arrondissement

28 de julho de 2017

Continuando nossos roteiros a pé por Paris, vamos conhecer o menor de todos os bairros da cidade, o 2° arrondissement. Apesar de não encontrarmos muitas atrações turísticas, o bairro é muito bem servido de bares e teatros, tendo uma noite agitada e super frequentada.

Outro ponto forte é a arquitetura. Ele é cheio de passagens, que foram construídas entre os anos 1820 e 1840, que servem de corredores entre uma rua principal e outra, abrigando lojas, galerias, restaurantes e caves com muita história para contar. Além disso, a região da Bolsa de Valores possui um mix arquitetônico muito especial, com prédios que lembram o Flat Iron de Nova York, construídos no início do século XX, quando as grandes empresas têxtil e a imprensa cresceram no país.

Então vamos ao nosso roteiro. Lembrando que disponibilizo aqui uma rota a pé feita pelo Google Maps. Ao clicar em “mais opções” que está no canto superior esquerdo do mapa, uma nova janela do navegador da internet será aberta e se você estiver usando um smartphone, aparecerá a opção de abrir no aplicativo do Google Maps. Selecione essa opção e tenha o mapa off-line a sua disposição! Alors, c’est parti?

Mapa 01:

 

Descendo na estação de metrô Bonne Nouvelle (linhas 8 e 9) e seguimos pelo Boulevard de Bonne Nouvelle, via pela qual andaremos por calçadas largas, arborizadas e cheias de lojinhas de marcas locais.

paris a pé roteiro pelo 2° arrondissement

Fonte: Google Street View

 

Do seu lado direito, estará o Théâtre du Gymnase Marie-Bell, que por fora você não dá nada, mas por dentro é daqueles teatros antigos, estilo arena, com decoração em dourado e veludo vermelho. E o mais interessante: tem um restaurante terraço, aberto para todos.

Um pouco mais adiante, a sua esquerda o Grand Rex! Cinema com nada mais nada menos que 2800 lugares, inaugurado em 8 de dezembro de 1932. Depois de ser utilizado na segunda guerra mundial pelos alemães, em 1950 o cinema-teatro retornou com grande força recebendo grandes estrelas e filmes. A Grande Salle é simplesmente linda e vale a pena tentar uma sessão com pipoca nesse cine-teatro.

grande salle do teatro rex paris roteiro a pé pelo 2° arrondissement

Fonte: Wikimedia

No meio do seu caminho tem uma Croissanterie. Aquela pausa estratégica para um petit goûter, afinal se aqui não tiver um lugar para comer um bom croissant com café não seria eu quem escreveria 😀 

Nosso próximo destino é o Museu de Cera, o Musée Grevin. Siga reto pelo Boulevard de Bonne Nouvelle ~ que nessa altura da rua mudou o nome para Boulevard Montmartre ~ e o museu estará à sua direita, ao lado do Café Oz, cuja faixada é peculiar e vale uma foto da categoria “Paris Insolite”. Ah e ps! Anote na agenda para ir com os amigos de noite, para um bom happy hour.

E aqui vamos virar à direita em uma das grandes peculiaridades do 2° arrondissement: as passagens! Ruas cobertas, cheias de lojinhas com arquitetura do século XIX, estas passagens são o charme do nosso roteiro.

Então passando o Grevin, na faixa de pedestre, pegamos a passagem da direita, a Passage Panoramas. Veja no print do Street View que a passagem fica abaixo de um prédio (é aquela portinha entre o toldo amarelo e a loja com letreiro grande). Acho fantásticas essas construções <3.

passagem panoramas do 2° arrondissement roteiro paris a pé

 

Seguimos pela Rue Vivienne até chegar na Bourse de Paris. Construção emblemática, de 1826, também conhecida como Palais Brogniart, onde hoje funciona como espaço para conferências e eventos, o Euronext. Infelizmente, visitas não são mais permitidas.

Essa esquina da bolsa de valores é um paraíso arquitetônico. Além do Palais, temos a France Presse, sede da Agence France Presse ~uma das maiores agências de notícias do mundo. E no fundo, quase que no meio da rua aquele prédio que comentei acima, que lembra o Flat Iron, construído na bifurcação da rua.

Continue reto na rue Vivienne até avistar à sua esquerda a passagem Galerie Vivienne, uma das mais belas passagens cobertas da cidade. Aproveite para apreciar com calma e viver a cidade como um local, e se o momento pedir, tome um vinho e almoce por ali mesmo.

paris a pé 2° arrondissement

Fonte: The Guardian

Vamos sair da galeria na Rue des Petits Pères, contornamos o Hotel Tubeuf e o grande prédio do Cabinet de Médaille,

Vire à esquerda na Rue Rameau para atravessar mais uma passagem, a Passagem Sainte-Anne que culmina na bela Passage Choiseul, que tem saída na Rue Saint-Agostin.

2° arrondissement

Fonte: Sound Landscapes

Vá até o cruzamento com a Rue Réaumur, e siga reto toda vida, passando novamente pela praça da Bolsa de Valores, revendo as belezas arquitetônicas do 2° arronidssement, como o bâtiment n° 124 Rue Réaumur, construído em 1905 por Georges Chedanne (o mesmo arquiteto da Galeria Lafayette), até chegar na esquina da Rue d’Aboukir onde seguiremos por alguns metros para conhecer a casa do botanista francês Patrick Blanc.

Fonte: Google Street View

Ele criou um jardim vertical com mais de 7600 plantas de 720 espécies diferentes.

Vire na Rue des Petits Carreaux e siga por uma pequena “passage pietonés”, uma rua de pedestre, desta vez descoberta e passando por vários bares e restaurantes, para chegar na Passage du Grand Cerf, que de beleza fica párea com a Galerie Vivienne.

2° arrondissement paris a pé

Fonte: Sound Landscapes

A Passage du Grand Cerf tem teto de vidro, o que é encantador quando os raios de luz iluminam as vitrines em madeira das lojas e o piso quadriculado em tons de branco, preto e cinza. Ah e segura o bolso porque tem cada lojinha fofa <3 e não deixe de visitar o restaurante Le Pas Sage. Design moderno, clean e muito aconchegante.

Saimos na rue Saint-Dennis e seguimos reto para o fim do nosso roteiro pelo 2° arrondissement. Depois de caminhar uns 200 metros, você avistará o arco da Porte Saint-Denis aos fundos e caminhe reto até ele.

Voilà, chegamos no nosso ponto final, na linha de metrô Strasbourg – Saint-Denis (linhas 4, 8 e 9), para você voltar para sua casinha de férias ou continuar com outros roteiros como este pelo primeiro arrondissement, ou pelo bairro de Montmartre, pela Rue Mouffetard

 

Informações adicionais:
  • Total de quilômetros do trajeto a pé : 4km
  • Média de horas para o passeio: 3 horas de passeio (com muitas pausas para fotos, cafés e visitas as lojinhas)
Lista dos pontos visitados (na ordem do trajeto do mapa 01):
  • Théâtre du Gymnase (link para a programação de peças)
  • La Terrasse du Théâtre (site oficial | aberto de segunda a sábado, das 12h às 02h, happy hour das 16h às 19h)
  • Le Grand Rex (site oficial)
  • La Croissanterie (reviews de viajantes no TripAdvisor | aberto de segunda a sexta, das 08h às 19h30 e fins de semana das 10h às 19h30)
  • Musée Grevin (site oficial | aberto todos os dias das 9h30 às 19h ~ atenção aos horários especiais para o Halloween)
  • Café Oz – Bar australiano (site oficial)
  • Palais Brogniart – Bourse de Paris (site oficial)
  • Cabinet des Médailles (site oficial)
  • Restaurant Le Pas Sage (página do facebook | aberto de terça à sábado das 10h às 02h)
  • L’Officiel des Spectacles (site com informações de todas as peças de teatro da cidade)

E aí gostaram do nosso segundo roteiro?? Saiba que ele também pode ser feito de bike! Ah e quando fizer o passeio, conta aqui depois o que achou e compartilhe suas fotos! Use a hastag #ohlalaAmei no Instagram ou Facebook que vou amar acompanhar seu trajeto.

Ah e quero te convidar para conhecer minha plataforma de ensino da língua francesa! Nela você aprende de forma RÁPIDA frases que vão te auxiliar em situações diversas, como em compras! Sem “compliquês”, com simulação de diálogos e um material de apoio desenvolvido especialmente para os viajantes, aprenda a pedir exatamente o que você quer e tornar sua viagem uma experiência única! Conheça o ohlaladani.tv :

aprender francês online de forma divertida com músicas em francês

Bisous,

Dani.

Comments

comments

Daniela Santos

Daniela Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Daniela Santos

Daniela Santos

Minha vida já deu muitas voltas, já morei em 3 cidades brasileiras diferentes, já viajei para lugares que nem meus pais dormiram ao saber da aventura. E não quero parar! Compartilho agora com você minhas aventuras, visões e experiências para que esse mundo lindo, cheio de diversidade, que nos transforma em alunos da vida seja fascinante e inspirador para você também.

Leia Mais

Pinterest