Imagem sobre a notícia Paris City Vision: ônibus turismo (city tour) por Paris

Paris City Vision: ônibus turismo (city tour) por Paris

3 de Fevereiro de 2017

Passear por Paris requer um bom preparo físico, bons pares de sapatos e muita perna. Você vai andar mais de 15km por dia, je le jure!

E como toda cidade, há a possibilidade de você conhecê-la através de city tours, em ônibus ou barcos que te levam para os principais pontos da cidade.

Existem vários empresas que prestam esses serviços, mas os mais conhecidos são o Hop on – Hop off (ônibus de dois andares vermelho, conhecidos como o “les cars rouges” ~leia |lê – kár – ruge|~) e os do Paris City Vision, (verdes os abertos, e amarelos os fechados) Nos fechados você não pode descer, mas tem uma gravação guiada em vários idiomas e ônibus climatizado.

Já fiz os dois tipos de passeio, e descer e subir acaba saindo um pouco caro, pois ao descer, você acaba se distanciando do ponto do ônibus, se encanta com a região, visita um ou dois pontos no máximo.

O bilhete válido para um dia custa 33 euros, dois dias 37, três dias 41. E para usar somente das 9h30 às 17h. Passou desse horário é o bilhete noturno. Botando na ponta do lápis, você gasta menos se usar transporte público.

O ideal é escolher um e ficar nele até completar a volta toda, para depois selecionar os pontos que mais amou e retornar nos dias seguintes.

Faça esse passeio no seu primeiro dia na cidade, seja manhã, tarde ou noite ;D

Ahh e quer dicas de roteiros? Confira o Montmartre em um dia aqui, a Notre Dame e arredores aqui e aqui, e como chegar nas principais obras do Louvre aqui.

A minha última experiência foi com o ônibus fechado do ParisCity. Era inverno e ficar dentro de um ônibus hiper confortável, climatizado e com um áudio-guia que passava informações relevantes foi o ideal.

Fiz o City Tour acompanhado do passeio de barco (32 euros). Saí do ponto de encontro do ônibus às 9h da manhã. O roteiro passa pelos principais pontos e o caminho entre a Notre-Dame/Panthéon/Jardin de Luxembourg é lindo, passando pelo famoso Café de Flore e o lindo bairro do Quartier Latin (leia |kár.ti.ê – la.tãn|).

Às 10h30 cheguei no Quai Branly (leia |ké – brãn.li|) e saímos pelo Sena, com o bateau (leia |ba.tô|, barco em francês) da empresa. De barco, passamos pelos Louvre e Orsay e contornamos a Île de la Cité. Memorável! A embarcação tem um espaço coberto, climatizado com um audioguia e um terraço aberto. Apesar do frio, a maioria das pessoas estavam no terraço! A vista, mesmo com céu cinza, compensava todo o vento gélido no rosto.

Às 11h30 acabou o passeio e eu segui roteiro, subindo o Trocadéro, para ver a Torre lá de cima e pegar o metrô em direção ao meu próximo ponto.

Confira no infográfico as principais informações sobre o passeio. Você pode salvar a imagem para compartilhar ou usar no planejamento da sua próxima viagem!

Links complementares ao infográfico:

Paradas do ônibus aberto (Open Tour) de acordo com a cor do roteiro: clique aqui.

Site oficial da empresa: clique aqui.

Política de reembolso: leia aqui.

Gostou das dicas? Já fez um destes passeios? Conta pra gente! Adoro ler as histórias e opiniões de vocês, e tenho certeza que assim ajudamos o próximo leitor a melhor organizar sua viagem!

Ah e se quiser compartilhar alguma foto, marca a gente no Facebook, Instagram ou Twitter <3

Bisous

Dani

Comments

comments

Daniela Santos

Daniela Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Sobre

Daniela Santos

Daniela Santos

Minha vida já deu muitas voltas, já morei em 3 cidades brasileiras diferentes, já viajei para lugares que nem meus pais dormiram ao saber da aventura. E não quero parar! Compartilho agora com você minhas aventuras, visões e experiências para que esse mundo lindo, cheio de diversidade, que nos transforma em alunos da vida seja fascinante e inspirador para você também.

Leia Mais

Pinterest